O que é o sonambulismo? Saiba mais sobre esse distúrbio do sono! ~ Colchões Portal

O que é o sonambulismo? Saiba mais sobre esse distúrbio do sono!

Tempo de leitura: 4min. 

Já aconteceu de você  encontrar alguém caminhando pela casa no meio da noite e você falar com a pessoa e ela te ignorar como se não o visse? Essa é uma cena clássica do sonambulismo. 
Com certeza você já deve ter ouvido dizer que é perigoso acordar um sonâmbulo. Mas será que essa afirmação é verdadeira? O que é o sonambulismo? Confira neste artigo! 

O que é sonambulismo?

Sonambulismo é um distúrbio que se manifesta durante o estágio mais profundo do sono, o sono de ondas lentas, não-REM (?). As funções motoras despertam, mas a consciência continua a dormir. Ela permanece num estado de transição entre o sono e a vigília. Por isso, na manhã seguinte, os sonâmbulos não lembram, ou lembram muito pouco, o que aconteceu durante a noite (amnésia total ou parcial).

Andar dormindo, o principal sintoma.

A palavra sonambulismo tem em seu significado o principal sintoma do distúrbio, andar dormindo, quase sempre de olhos abertos, mas vazios, sem expressão.
Além disso, a pessoa com sonambulismo pode realizar outras atividades, como: falar coisas sem nexo e abrir e fechar portas e janelas. Por isso, é necessário um cuidado redobrado com a pessoa que tem o distúrbio, para evitar que aconteça algum tipo de acidente, ou que o sonâmbulo saia de casa.

E qual a causa?

A ciência ainda não descobriu a causa do distúrbio, o que se sabe é que 80% dos sonâmbulos têm histórico familiar. E que o sexo masculino é o mais afetado.

Na infância o distúrbio atinge cerca de 20% das crianças de 3 a 10 anos, que é atribuída ao amadurecimento do cérebro, em torno de uma vez por ano, e depois tende a desaparecer sem deixar vestígios.  

Outros fatores que podem contribuir para o distúrbio são: privação do sono (noites mal dormidas), distúrbios psiquiátricos (depressão e ansiedade), respiratórios (apneia do sono, asma), febre, consumo de álcool e outras drogas, medicamentos que interferem no mecanismo do sono, bexiga cheia, ruídos, temperatura desagradável, entre outros.

Leia também: Dormir bem garante mais saúde.

Cuidados e recomendações para quem tem o sonambulismo.

Alguns cuidados que podem ser tomados para proteger o sonâmbulo em um episódio:

  • Trancar portas e janelas e retirar as chaves das fechaduras;
  • Colocar telas ou grades de proteção nas janelas;
  • Bloquear o acesso às escadas;
  • Não permitir que o sonâmbulo durma na parte superior das beliches;
  • Guardar facas e tesouras em locais de difícil acesso;
  • Retirar das passagens móveis e objetos em que a pessoa possa tropeçar.

Alguns cuidados para ser incluídos na rotina de quem sofre com o sonambulismo para evitar os episódios:

  • Não ingerir bebidas alcoólicas;
  • Evitar atividades perto da hora de dormir que o mantenham em estado de alerta, como o computador, videogame, televisão, etc;
  • Respeitar o ciclo de sono e vigília: dormir no mesmo horário todos os dias.
  • Investir em um colchão de qualidade e confortável. Escolha o seu colchão Portal aqui! 
  • Cultivar hábitos saudáveis de vida: a alimentação balanceada e a prática de atividade física ajudam a combater o estresse responsável por crises de sonambulismo;
  • Não se automedicar: alguns medicamentos, em vez de ajudarem, compromete mais ainda a qualidade do sono.

E você, já teve algum episódio de sonambulismo? Conhece alguém que teve? Conte nos comentários a sua história. Compartilhe com os amigos e familiares que podem sofrer do distúrbio!

Os comentários estão encerrados.