Fique atento: veja 3 distúrbios do sono que afetam sua qualidade de vida

Tempo de leitura: 3 minutos.

 

Dormir não é apenas sobre deitar na cama e fechar os olhos, envolve todo um processo e desenvolvimento de hábitos.

Especialmente se queremos ter uma rotina de sono saudável e que ajude o nosso organismo a se manter em equilíbrio.

 

Mas para ter sucesso na criação desta rotina ideal, uma série de coisas podem ser obstáculos.

 

Falta de constância nos horários, mudanças repentinas de hábitos e os maiores de todos: distúrbios do sono.

 

Por isso fique atento aos sinais!

Enfim, continue lendo e veja 3 distúrbios do sono que afetam a qualidade de vida.

Insônia

O mais popular dentre os distúrbios do sono e facilmente decorrente de diversos aspectos ligados ao nosso emocional e rotina.

 

Se tivemos um dia estressante, passamos por situações que intensificaram preocupações ou ansiedade.

Tudo isso colabora para que tenhamos episódios de insônia, ou seja, dificuldade para pegar no sono e mantê-lo de forma contínua durante longos períodos sem acordar antes do esperado/necessário.

 

No entanto, situações como essas podem se prolongar e se tornar obstáculos para a qualidade de vida.

 

Afinal, se não tratada, a insônia pode favorecer a ocorrência de doenças cardiovasculares, respiratórias e até distúrbios psiquiátricos.

 

Apnéia

Também é chamada de Apnéia Obstrutiva do Sono e consiste em interromper o fluxo de ar no nível da garganta.

 

Sendo assim, ocorre uma parada da respiração que dura em média 20 segundos, depois disso, a pessoa costuma acordar com um estrondoso ronco.

 

Aliás, em alguns casos, esse ciclo se repete a cada um ou dois minutos durante toda a noite!

 

Pessoas que sofrem com esse distúrbio, a longo prazo, tendem a desenvolver quadros de infarto do miocárdio, AVC (Acidente Vascular Cerebral) e até mesmo de doenças nas artérias.

Síndrome das pernas inquietas

Como o próprio nome diz, este é um tipo de distúrbio associado à constante e involuntária agitação das pernas.

 

Mas pode correr com os braços também, em alguns quadros mais graves.

Os sintomas são mais intensos durante a noite prejudicando diretamente o sono, impossibilitando até mesmo que a pessoa pegue no sono.

 

Isso faz com que o relógio biológico se torne desregulado, o que prejudica a rotina em termos de produtividade, ânimo e energia.

 

Se identificou com algum dos problemas ou conhece alguém que passa por isso?

 

Seja um distúrbio mais comum como a insônia ou qualquer outro, não deixe de buscar ajuda profissional.

 

Enfim, cada quadro é uma situação diferente e apenas o acompanhamento com especialistas no assunto podem ajudar.

Dicas para dormir melhor

  • Estabelecer uma rotina de sono, com horários regrados;

 

  • Desenvolver uma alimentação mais leve e saudável: evite gordura e frituras durante a noite;

 

  • Controle o consumo de bebidas energéticas, alcoólicas e café;

 

  • Pratique exercícios que gastem energia, de preferência durante à tarde ou pela manhã;

 

  • Desenvolva hábitos relaxantes, como leitura ou meditação.

 

Mas, é claro, para dormir bem de verdade, não pode faltar um colchão Portal.

 

Pensado exclusivamente para a saúde do seu sono e há mais de duas décadas entregando qualidade e credibilidade.

 

Conheça nossos produtos, clique aqui.

 

Leia mais:

 

Entenda a relação da fibromialgia com a qualidade do seu sono

 

6 dicas para ter uma rotina mais saudável

 

Como a luz azul afeta o seu sono? Descubra agora!

Deixe um comentário